Arquivo

Archive for the ‘Links Patrocinados’ Category

10 Erros comuns de Links Patrocinados

O artigo 10 erros comuns de links patrocinados é um dos mais lidos no site da Konfide. A ideia é simples: Aprender com o erro dos outros é uma excelente maneira de economizar dinheiro. Veja a lista dos 10 erros comuns de links patrocinados:

1 – Falta de planejamento das campanhas. Primeiro entenda seu consumidor!
2 – AdWords é um leilão, portanto quem paga mais fica em melhor posição
3 – Rede de Display como recomendação do Google?
4 – Anúncios exibidos em Todo Brasil
5 – Começar com um CPC Máximo muito baixo
6 – Apenas uma campanha para todos anúncios
7 – Falta do código de conversão – Saiba quais palavras são mais eficazes
8 – Falta de vínculo com o Google Analytics
9 – Falta de Relatórios
10 – Palavras-chave e anúncios não-relacionados

Leia o artigo completo e ilustrado no site da Konfide.

http://www.konfide.com.br/links-patrocinados/10-erros-comuns-de-links-patrocinados

 

Qual a melhor maneira de obter resultados com o Google AdWords?

Por Danilo Barros Andrade
danilo@konfide.com.br

Primeiro costumamos dizer SEO (Search Engine Optimization) e Google Adwords devem ser feitos juntos. Um não anula o outro. Portanto se você não conhece nada de SEO, vale a pena começar a estudar. Existem vários itens que devem ser considerados para conquistar bons resultados. Abaixo destaco 10 dicas que com certeza vão lhe ajudar:

1. Crie sempre mais de um anúnico e nunca o direcione para a página inicial (HOME) do site.
Isso frustra. Quem encontra seu anúncio quer ir direto ao ponto. Não quer conhecer seu site. Primeiro deve sanar a dúvida dele e depois apresentar o outros serviços que oferece.

2. Evite (.) entre siglas.
Nunca use ( . ) para separar as letras. O espaço já é pequeno. Ex: Utilize MST no lugar de M.S.T, GAP em vez de G.A.P.

3. Não esqueça de implementar o Código de Conversão.
Este é um código que o google gera, que deve ser inserido na página de agradecimento de contato do seu site. Se você não fizer isso, como é que você vai mensurar se sua campanha está dando certo? Se o processo realmente está sendo feito?

4. Ao escolher as palavras-chave, utilize combinações de pelo menos duas palavras.
A não ser que o seu segmento seja absolutamente específico, procure focar no nichos de mercado. Senão sua verba vai por água a baixo.

5. Cadastre sua empresa no Google Places
Utilize o mesmo email do Google Adwords. Basicamente com isso sua empresa passará a ser exibida no Google Maps. Muitas empresas buscam o endereço no google, portanto é fundamental que sua empresa esteja devidamente cadastrada.

6. Defina corretamente as palavras-chave do seu negócio.
Essa história de você tirar da cabeça até é válido, mas só isso não basta. É preciso mais embasamento. Digamos que é a palavra-chave que também garantirá um retorno significativo das suas campanhas. Será que a palavra escolhida é mesmo a mais indicado? Vale a pena ter embasamento e tirar a dúvida. Use a ferramenta de palavras-chave do próprio Google para checar quais tem mais relevância para o seu mercado.

7. Colocar mais de 15 palavras num mesmo anúncio?
Jamais. É melhor menos palavras e mais campanhas.

8. Crie sempre pelo menos 3 anúncios para cada campanha.
Quando você tem mais de um, consegue saber qual está dando melhor resultado e a partir daí trabalhar ações.

9. E depois de criadas as campanhas, que faço?
Existem vários parâmetros que devem ser considerados para que sua campanha continue tendo êxito. Mas para não ficar muito vago, lá vai mais uma dica: Olha no Indicador CTR – que é a conta de cliques por impressão. Quanto maior o CTR, melhor tende a estar sua campanha. Quando o negócio é muito específico ele naturalmente tenderá a ter taxa de conversão acima de 7% e quando se tratar de segmentos mais amplos, genéricos, um CTR acima de 3% pode ser considerado mediano/bom. O ideal é analisar caso a caso. Isto não é uma regra, pode variar, pois já vi negócios com taxas de conversão de até 9, 10% e a conversão não era atraente. O ideal é analisar caso a caso.

A decima dica segue aqui: Você deve desativar a rede de display do Google, a menos que tenha certeza do que está fazendo. Este item consome muuuuita verba sua e você nem sabe por quê. Então se quer saber mesmo, falei com algum consultor da área. Falei tudo isso, mas de que adianta você seguir todos os passos acima se a estrutura do seu site for absolutamente terrível? O ideal é você procurar saber se seu site atende as boas práticas de usabilidade, padrões do Google, W3C etc. Claro, também falo do tal do SEO citado anteriormente. Visite sempre:
http://adwords-br.blogspot.com/
http://www.googlevarejo.blogspot.com

Boas referências e dicas valiosas!

“Não há nenhum segredo para o sucesso. É o resultado de preparação, trabalho duro, e aprender com o fracasso.” (Gen. Colin L. Powell)

Como criar uma campanha no Google Adwords (nova versão)

Por Danilo Barros Andrade
danilo@konfide.com.br

Pessoas me perguntaram sobre quais os melhores passos para criação de uma campanha de links patrocinados no google adwords. Num passado não muito distante fiz um tutorial de como criar campanhas com a versão antiga. Agora, com o intuito de atualização, destaco aqui um tutorial sobre a nova versão do Adwords.

1. Clique no botão criar Campanha

2. Coloque um nome para sua campanha e defina o local que deseja que os anúncios apareçam. Em idiomas: Seleciona INGLÊS e PORTUGUÊS. (Pois tem navegadores que estão em inglês por algum motivo como padrão e se o seu anúncio estiver configurado para somente português pode não atingir esse público de “leigos” que não sabe que dá pra mudar.)

3. Quero saber somente as pessoas que conheceram meus serviços por meio de cliques na página do Google. Por isso vamos desabilitar os demais.  A dica pode, as vezes, ser: utilizar por uma semana a rede de conteúdo para que você entenda quais são os principais sites que podemos divulgar. Neste caso não quero! 🙂

4. Defina seu orçamento diário, baseado na quantidade de verba que tem para o mês. Este valor varia e não tenho uma receita pronta onde você poderá fazer assim ou assado. A dica é se for serviços genéricos, tipo: desentupidora, aluguel de carros, etc precisará, obrigatoriamente de um valor maior. Se for algo específico, ex: curso de jooma, curso adwords.

Preferências de posicionamento – A dica é ativar!
– Método de exibição – deixe padrão, pois se você acelerar o processo você perderá dinheiro mais rapidamente. (tudo depende de verba disponível)

Configurações avançadas – Não vamos mexer por enqto. Só depois que tivermos métricas suficientes para isso.

5. Anúncio: Na hora de criar, pense bastante no título dele, pois é muito importante! A criação de um anúncio é o momento que, na minha opinião requer muita atenção e cuidado, pois ela deve ser bem atrativo e direto ao ponto. Tente dizer muito com poucas palavras. Evite sempre levar o visitante para a Home do site. Leve para a página do assunto direto.

6. Palavras-chave: tente entender quais as melhores palavras-chave para o seu negócio. Evite colocar 50 palavras, sugiro no máximo 10 a 15. Palavras genéricas? Ex: informática. Proibido! Use sempre combinações de 2 palavras. Não misture palavras amplas com palavras específicas. Veja nosso artigo sobre como selecionar melhor as palavras-chave para o Google

7. Define o lance do clique e salve.

Dica:

– Crie sempre mais de um anúncio para suas campanhas.

Ainda, para divulgar seus produtos no Google, vale a pena seguir as políticas de publicidade do AdWords:
Para mais informações sobre como criar uma campanha, recomendo que você dê uma olhada neste tutorial:
Categorias:Links Patrocinados

Como o Google AdWords classifica os anúncios

A maioria das pessoas acha que o principal critério para o Google classificar os anúncios de AdWords é o CPC Máximo (Custo por clique máximo). Em parte é verdade, mas é nesta falta de informação que a maioria esmagadora de anunciantes perde muito dinheiro.

O anúncio é classificado segundo a fórmula: Classificação do Anúncio = CPC Máximo x Índice de Qualidade.

O índice de qualidade é uma nota que cada palavra-chave recebe de acordo com os critérios abaixo (Fonte: Ajuda do Google):

  • Pelo histórico de CTRs (clickthrough rate ou taxa de cliques) da palavra-chave e do anúncio correspondente no Google; se o anúncio aparecer em uma página da rede de pesquisa, sua CTR nesse parceiro da rede de pesquisa também será considerada
  • Pelo histórico da sua conta, que é medido pela CTR de todos os anúncios e palavras-chave da sua conta
  • Pelo histórico de CTRs dos URLs de visualização do grupo de anúncios
  • Pela relevância da palavra-chave para os anúncios no seu grupo de anúncios
  • Pela relevância da palavra-chave e do anúncio correspondente para a consulta de pesquisa
  • Pelo desempenho da sua conta na região geográfica em que o anúncio será exibido
  • Outros fatores relevantes

Um fator não citado na ajuda do Google é a Landing Page (página de destino) que é a página para a qual o visitante é direcionado.

A melhor maneira de entender é assistindo o vídeo abaixo:

Curso de Planejamento de Campanhas – AdWords 8h

agosto 16, 2009 5 comentários

As campanhas de links patrocinados do Google (AdWords) é quase obrigatória para maioria das empresas. Existem muitos cursos de AdWords, sendo que a Goobec é a única empresa oficialmente reconhecida pela Google para ministrar os cursos de AdWords. Porém, o curso é focado no aprendizado da interface do AdWords, portanto é um curso com foco operacional.

O curso de AdWords da Konfide tem como foco o PLANEJAMENTO. Mais importante do que aprender software, é aprender como PLANEJAR sua estratégia. Outro diferencial no curso de AdWords da Konfide é nosso foco em otimizar seu investimento de maneira que seus gastos com links patrocinados diminuam ao longo do tempo, pois em paralelo deve existir um trabalho de SEO (search engine optimization) que são estratégias para melhorar as visitas gratuitas.

Conteúdo do curso

Aprenda a criar e gerenciar campanhas de links patrocinados do Google (AdWords). Neste curso você aprenderá como planejar uma campanha eficaz e a otimizar o seu investimento. Os principais temas são:

  • Seleção de palavras-chave – Como escolher as palavras-chave mais adequadas para suas campanhas
  • Planejamento inicial – Como segmentar as campanhas da maneira correta
  • Como minimizar o CPC (custo por clique)
  • O que é o Índice de qualidade
  • Posicionamento do anúncio – Aprenda os critérios que o Google utiliza para gerar o ranking de anúncios
  • Landing pages – A importâncias das páginas de entrada
  • AdWords Editor – Como gerenciar campanhas e sincronizá-las com o AdWords
  • Código de conversão – Saiba as palavras que geram mais clientes (ou prospects)
  • Central de relatórios – Crie relatórios personalizados e automáticos
  • Tabelas Dinâmicas – Analise seus relatórios com tabelas dinâmicas do Excel (veja um tutorial)

Público Alvo

  • Gerentes de Marketing
  • Sócios/donos de pequenas empresas
  • Agências e produtoras web
  • Profissionais web

Erros que você não pode cometer em Google Adwords

março 13, 2009 1 comentário

Por Danilo Barros Andrade
danilo@konfide.com.br

Aproveito este post para alertar os usuários de adwords Muita gente comete erros básicos que devem sempre ser evitados. Veja alguns deles:

1. Nunca crie um anúnico cujo destino é a HOME do site.
Isso frustra. Quem encontra seu anúncio quer ir direto ao ponto.

2. Evite (.) entre siglas.
Nunca use ( . ) para separar as letras. O espaço já é pequeno. Ex: Utilize MST no lugar de M.S.T, GAP em vez de G.A.P.

3. Não esqueça do código de conversão.
Se você não fizer isso, como é que você vai  mensurar se sua campanha está dando certo?

4. Utilize combinações de pelo menos duas palavras.
A não ser que o seu segmento seja absolutamente específico, procure focar no nichos de mercado. Senão sua verba vai por água a baixo.

5. Certifique-se de ter a página de agradecimento após o preenchimento de um formulário.
Fundamental para que o código de conversão funcione corretamente.

6. Veja no Google Insights for Search e Keyword Tools o volume de pesquisa das palavras desejadas.
Será que a palavra escolhida é mesmo a mais indicado?  Vale a pena ter embasamento e tirar a dúvida.

7. Colocar mais de 15 palavras num mesmo anúncio?
Jamais. É melhor menos palavras e mais campanhas.

Por enqto tá bom… Logo menos coloco mais. 7 é um bom número, pelo menos pra mim…hehe… dá sorte.

Abraços.

Como o google classifica os anúncios de links patrocinados?

setembro 30, 2008 2 comentários

Por Danilo Barros Andrade

Bom esta é uma pergunta que muita gente quer saber a r esposta. Pois bem, lá vai.

A gigante Google premia você caso o seu anúncio seja muuuito relevante. Mas o que é um anúncio relevante? É quando seu CTR está altíssimo e as pessoas começam a buscar incessantemente pelo que você criou. Veja bem: se o anúncio é muito clicado, obviamente que ele é bem relevante. Simples.

Quanto mais relevante – atrativo – funcional – for o seu anúncio menor será o valor que você irá pagar. Nada mais justo, nao? Pensa comigo: aqueles que se dedicam se saem melhor.

O GOOGLE MOSTRA CLARAMENTE A DIFERENÇA BÁSICA QUE SEPARA OS AMADORES DOS PROFISSIONAIS:
A DEDICAÇÃO E A FORÇA DE VONTADE!